quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Um filme muito maravilhoso!!!!



Amor Além da Vida
(What Deams May Come, EUA - 1998)
Atores:
Robin Williams (Chris Nielsen)Cuba Gooding Jr. (Albert)Annabella Sciorra (Annie Nielsen)Max von Sydow (Rastreador)
Diretor: Vincent Ward

O Neurologista Chris ( Robin Williams de
" Férias no Trailer" e " Patch Adams") e a artista plástica Annie (Sciorra) vivem uma vida perfeita até perder seus 2 filhos em um acidente de carro. Annie entra em depressão e está quase se recuperando quando Chris também morre em outro acidente. A partir deste ponto o filme se passa nos dois planos (material e espiritual), onde Chris encontra Albert (Gooding Jr de " Homens de Honra" e "Meu Nome é Radio", que o ajuda a se ambientar na espiritualidade e de onde acompanha o sofrimento de Annie e passa a se empenhar para ajudá-la. Contarão também com a estranha personagem do rastreador (Max Von Siddou de " O Sétimo Selo")para encontra um tesouro valioso para Chris.
Este belo filme , soirrateiramente deixa nas entrelinhas uma reflexão sobre pequenas nuances do ser humano , como por exemplo:
-o apego e não exatamente o amor ( pode alguém que ama matar a si mesmo?) ;
-o sentimento de que devemos continuar a viver pois a vida continua (Chris não deixou de se envolver na Vida trabalhando como médico ou amando sua esposa , já que a vida não findou com o desencarne de seus filhos);
-a falta de fé que se abateu sobre Annie seria o fruto de toda uma vida de despreparo e ignorância espiritual ( existe morte?) ou é consequente a uma dor insuportável pela perda de entes queridos ( apego x amor);
-não existem respostas prontas diantes da dor e sofrimento e cada um responde de acordo com o degrau em que se colocou encontrando o Paraíso ou Inferno mental que para si mesmo projetou ao longo do tempo;
-só o verdadeiro amor desinteressaado e solidário cobre uma multidão de pecados.
O filme mostra vários fundamentos da doutrina espírita, tais como a psicografia, a influenciação dos espíritos sobre as pessoas encarnadas, as conseqüências do suicídio, o poder do pensamento, os diferentes planos espirituais etc. Apesar das falhas no conteúdo espírita (especialmente no caso do suicídio), é um bom filme e possui uma fotografia belíssima.


Assisti esse filme ontem na aula de Literatura Portuguesa(alguma coisa, são tantas que ate esuqeci o número dessa), chorei horrores, ele retrata muito bem a minha concepção de fé.

Um comentário:

Carla Leão disse...

Quero ver o filme!!
Pela descrição é maravilhoso msmo!
Chorona =)
Bjo =*