sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Meu resumo, enfim pronto e enviado!

Agentes de Desenvolvimento Social: disparidades existentes entre a teoria e a prática


O Programa Bolsa Trabalho (PBT) é relativamente novo, baseado no Projeto de Lei Nº 239/07, de 05 de Setembro de 2007, é aceitável que o mesmo, durante sua execução, apresente alguns desvios. No entanto, é extremamente importante que se faça uma avaliação contínua para se ajustar tais problemas. O presente trabalho pretende analisar as disparidades existentes entre a teoria e a prática no trabalho dos Agentes de desenvolvimento Social (ADS) dentro Programa Bolsa Trabalho, parceria entre UFPA/PROEX – Pró-Reitoria de Extensão/Governo do Estado/SETER – Secretaria de Trabalho Emprego e Renda. O Programa tem como objetivo inserir o jovem no mercado de trabalho, através de cursos de qualificação profissional, na faixa etária de 18 a 29 anos que pertence ao grupo de pessoas de baixa renda e não exerça atividade remunerada ou esteja desempregado. O Agente de Desenvolvimento Social é responsável pela alimentação de um banco de dados informatizado com um quadro de indicadores claro das condições sociais, econômicas, educacionais e culturais de cada um dos beneficiários. A metodologia para a análise das ações do ADS foi com base no conteúdo teórico que foi apresentado no Curso de Formação: função do ADS como responsável pelo acompanhamento dos beneficiários desde seu acolhimento, sua participação ativa nas atividades do programa, seu desenvolvimento como ser de Direitos e Responsabilidades, nos avanços de sua qualificação e, sobretudo na sua aproximação das oportunidades identificadas e criadas pelas interações institucionais do PBT e na observação das atividades realizadas em Santarém: acompanhamento in loco da situação de cada beneficiário com aplicação de questionários de cunho sócio-econômico e cultural e. O resultado foi parcialmente satisfatório: na prática do ADS, ele pôde interagir com os bolsistas de vários cursos da UFPA-Santarém, conhecer e entrar em contato com a realidade sócio-econômica e cultural dos beneficiários do programa e consolidar a relação universidade e comunidade. O Curso de Formação do ADS que apresentou a base teórica foi excelente (período do curso, conteúdo programático, professores e relação bolsista-professor), entretanto não houve a aplicação da teoria na execução da tarefa do ADS.
Palavras-chave: ADS - disparidades- Bolsa trabalho
Ai gente como é difícil fazer um resumo, mas acabou eu já enviei , agora é só esperar o resultado!
Muito obrigado Profª Maria Luiza, Adailson....

2 comentários:

No 204 disse...

Q bom amiga, até eu ja queria q vc se livrasse dele!
Espero q seus esfoços sejam recompensados, principalmente em Blm né! (td em off..rsrsr)
Bjos, ah, é a Carla..

BrunnO LiberaL disse...

e Pronto Final! xD