sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Cinzas


Ontem à noite ler um certo nome no meu orkut (na parte em que o sie mostra os visitantes recentes) me fez feliz, sabe aquela felicidade besta? Pois é, mas a felicidade durou pouco, aproximadamente 24h. Hoje esse sentimento maravilhoso foi substituído por uma triteza ao ler algo a respeito desse nome, porém, dessa vez, foi a frase do Msn da pessoa a qual o nome pertence (vale ressaltar que vi essa frase através do msn de outra pessoa, já que eu não possuo a criatura em questão na minha lista de contatos do msn). Hoje percebi, que o que eu achava que havia virado cinzas dentro de mim, na verdade, era uma faísca, que ontem transformou-se em uma fogueira e agora me consome por completo. Como pode ser possível não conhecer nem a si próprio? O que me dá um alento é o fato que nenhum fogo dura para sempre, por mais que permaneçam as cinzas.

Um comentário:

Carla Leão disse...

Ai amiga, essa coisa de 'fogo' é tão complicada.

Mas... se ainda existe uma faísca, é sinal que pode incendiar a qlqr momento. Não sei se desejo sorte ou cuidado!rs

Beijo :*